OPEN ENGLISH É BOM? Por Jonathan Loss

OPEN ENGLISH É BOM? Por Jonathan Loss

Avatar
Tempo de leitura 8 minutos

O YouTuber Jonathan Loss, do canal Engenhando, é o convidado especial no blog de hoje para falar como funciona a Open English e te ajudar a tomar a decisão mais importante da sua vida

Todo mundo sabe da importância do inglês hoje em dia, mas fica perdido na hora de escolher o melhor curso de inglês online. Eu mesmo fiquei em dúvida para decidir quando estava procurando para mim, afinal, são muitas opções disponíveis no mercado. Por isso, hoje estou como convidado aqui do blog para contar minha experiência pessoal com a plataforma da Open English. Como escolhi, como funciona, como está sendo e o mais importante: se estou gostando.

Mas então, como funciona o Open English? Para começo de conversa, a empresa foi fundada em 2006, na Venezuela, e hoje em dia já conta com presença ativa em muitos continentes. Porém, o foco sempre foi nos alunos da América Latina. Não à toa, boa parte dos professores têm conhecimento de espanhol e até mesmo um pouco de português. Eu particularmente acho isso ótimo, pois nunca tive problemas para me comunicar com eles durante as aulas ao vivo mesmo todos os professores sendo nativos dos Estados Unidos, e eu, sendo nascido no Rio Grande do Sul.

O curso da Open English funciona com algumas características base: 100% online, professores americanos, acesso 24h/dia e ferramentas inteligentes. O aprendizado acontece em 3 pilares: Aulas ao Vivo Ilimitadas, Lições e Exercícios. Cada um com sua própria dinâmica. 

Sobre as aulas ao vivo, como eu já disse, todas são ministradas por professores americanos e possuem 3 tipos: aulas de gramática, aulas de conversação e aulas particulares. Vou explicar melhor como elas funcionam mais pra frente no texto.

Sobre as lições, elas normalmente são subdivididas em tópicos na plataforma. Dentro dos exercícios, também existem vários tipos de conteúdo: focados em pronúncia, vocabulário, leitura, vídeos interativos, etc. 

O curso de inglês da Open English é bom pois é todo pensado para que você consiga atingir um bom conhecimento do idioma em apenas um ano. Ao todo, o curso é dividido em 8 Níveis:

  • Níveis 1,2 e 3: para os iniciantes
  • Níveis 4,5 e 6: para os intermediários
  • Níveis 7 e 8: para os avançados

Quando eu liguei pra comprar o curso, perguntei ao atendente como era possível o curso ser tão rápido. Fiquei curioso porque tem cursos por aí que levam 5 ou 6 anos para que você saia fluente, enquanto que a Open English oferece a possibilidade de atingir esse nível em apenas 1 ano. E o que ele me explicou na hora abriu demais minha percepção: 

O curso de inglês da Open English é bom pois é intensivo. Se fosse numa escola de idiomas presencial, normalmente eu teria 2 aulas por semana, cada uma com 1h ou 1h30 de duração, e depois ficaria praticamente uma semana sem tocar no material de novo. Já na Open English, a ideia é que você estude 1h ou 2h por dia, dentro do horário que for mais conveniente para sua rotina. Eu curti esse formato pois o aluno não fica tão “solto”, a mente fica sempre ligada no inglês 24h/dia. Mas é isso: definitivamente precisa ter disciplina para evoluir no curso. E isso depende da sua própria dedicação e compromisso em aprender inglês.

Mas como funciona a Open English?

A plataforma da Open English é bem clean e intuitiva. Assim que você acessa, já se depara com as 3 seções básicas do seu curso de inglês online: Home, Progresso e Aprenda. É através delas que você vai se guiar para estudar.

No lado direito da tela é possível ver o certificado mais recente de acordo com o último nível concluído no curso, o que é bem bacana para você mesmo se motivar a continuar estudando. Vale lembrar que é possível fazer download desse certificado, o que facilita provar seu nível de proficiência quando estiver se candidatando a uma vaga de emprego, por exemplo.

Logo de cara na Home, vemos um resumo do seu status atual no curso, chamado de “Meu Progresso”. Essa é a parte mais importante, pois você tem um panorama claro de como está seu ritmo de aprendizado. Para quem não conhece, em cada um dos 8 níveis do curso, é exigido que você faça 12 aulas ao vivo, complete 15 unidades e tenha 7 horas de prática de exercícios

Vou começar falando sobre as Aulas ao Vivo, que, na minha opinião, são o grande diferencial do curso online da Open English. As aulas ao vivo de gramática e conversação casual duram 45 minutos, sempre com turmas pequenas (ou seja, dá pra todos os alunos participarem ativamente). A aula é 100% ministrada em inglês, mas é tranquilo de entender mesmo que seu conhecimento seja bem básico, pois os professores falam devagar e estão sempre atentos aos alunos. 

Uma dica que eu sempre dou é fazer o download dos slides de conteúdo antes de a aula começar. Desse jeito, é possível se preparar com antecedência para a aula ao vivo, aumentando assim seu aprendizado e interação tanto com o professor quanto com os outros alunos. Eu mesmo uso essa técnica: traduzo para o português alguns termos que não conheço nos materiais antes de iniciar a aula, pois não gosto de ficar “empacado” na hora de responder algo para o professor.

As aulas ao vivo acontecem 24h/dia, sempre de meia em meia hora. Então basta entrar na plataforma a hora que quiser e agendar a sua. São 2 temas diferentes por dia, e o mais vantajoso é que você pode fazer quantas aulas ao vivo quiser. As turmas são no máximo de 8 pessoas, e todas elas pertencem ao mesmo nível. É claro que sempre existem os alunos com mais facilidade e outros com mais dificuldade, mas os professores não julgam nem fazem distinção. Tem espaço pra todo mundo aprender inglês de forma tranquila.

Já nas Aulas Particulares, são 25 minutos dedicados exclusivamente a um único aluno. Só você e o professor americano. É legal porque consigo tirar minhas dúvidas diretamente com o teacher, ou sugerir um tema para conversarmos de forma intensiva em inglês. Eu gosto porque você realmente se vê numa situação de pensar em inglês 100% do tempo, levando em consideração raciocínio, pronúncia, vocabulário, interpretação, fluidez… tudo ao mesmo tempo. Acaba sendo uma simulação bem realista de como seria desenrolar uma conversa em inglês na vida real. E quanto mais você praticar, mais rápido virá a sua fluência.

Falando um pouco sobre as Unidades, dentro de cada uma das 15 disponíveis, você tem 7 lições diferentes sobre o tópico em questão. Assim que cada lição é concluída, você responde a um quiz para testar se o conhecimento foi realmente aprendido ou se ainda precisa de mais revisão.

Já a parte de Exercícios Práticos é bem interessante e dinâmica. Eles são divididos em algumas categorias:

  • Pronúncia: Aqui você conta com uma ferramenta de reconhecimento de voz super moderna que corrige sua pronúncia na hora. Aparece uma palavra ou frase na tela, você lê em voz alta, e a inteligência artificial mostra com precisão onde você está pronunciando errado (ou certo!)
  • Notícias: Todos dias, você encontra notícias atuais em texto corrido. É bem legal para treinar a leitura em inglês, fora que você pode clicar nas palavras que não conhece para ver a tradução e a pronúncia. No final, é só responder a algumas perguntas para analisar sua compreensão do texto, e se gabaritar, pode passar para a próxima leitura.
  • Expressões Comuns: As famosas gírias! Aqui dá pra aprender vocabulário em inglês que vai além das definições de dicionário. Os teachers ensinam algumas frases comuns do cotidiano americano, o que é muito bom para desenvolver fluidez na hora de se comunicar em inglês.
  • Vídeos interativos: Conteúdo com áudio e legenda para testar sua compreensão de listening e também a qualidade da sua pronúncia.
  • Inglês para Negócios: Tem a mesma proposta dos vídeos interativos, porém com um conteúdo mais voltado para o universo Business. Ótima pedida para quem precisa melhorar o inglês técnico mais corporativo.

Além disso, todos os exercícios contam com acesso rápido a dicionário, ferramenta de escrita, guias gramaticais e tradutores, tudo dentro da própria plataforma Open English. O suporte online é super eficiente, gostei bastante do atendimento dedicado que eles dão ao aluno. O material didático ser todo digital também é uma ótima vantagem para não ficar acumulando livros ou perdendo folhas pela casa.

Quanto a valores, a equipe de vendas da Open English sempre tem promoções disponíveis e condições de pagamento facilitadas. É só entrar em contato com eles por aqui e conversar para conhecer os planos, solicitar orçamentos de acordo com a sua necessidade, verificar descontos disponíveis e começar seu curso de inglês na mesma hora.

Resumindo, considero que o curso de inglês da Open English é um bom investimento. Duração de 1 ano, horários flexíveis e preços mais acessíveis que a média das escolas de inglês tradicionais. Fora o fato de ser tudo digital, uma tendência em tempos de Covid-19 que é fundamental de ser levada em consideração. Eu cheguei a fazer orçamentos com escolas presenciais antes da pandemia, e fico pensando que talvez estaria arrependido hoje em dia se tivesse feito essa escolha, pois acabaria migrado para o inglês 100% online em 2020. 

E como eu já disse, Open English funciona se tiver disciplina.

Eu recomendo! ✌️

Jonathan Loss

Inscreva-se no canal Engenhando no YouTube