Solte a Voz e Venha Aprender Inglês Com Música

Já parou para pensar no poder que a música tem sobre a gente? Uma simples canção, tocando de surpresa no rádio, pode alegrar nosso dia, estragar nosso humor, fazer a gente lembrar de um momento especial ou daquele antigo amor…

Companheira de todas as horas, a música também é uma ferramenta incrivelmente útil e eficiente no aprendizado de inglês – e tem tudo a ver com o método da Open English!

 

– Quando e Onde Quiser

É só ligar seu MP3 player (celular, rádio, aparelho de som) e você pode ouvir suas faixas preferidas quando e onde estiver, mesmo que esteja dirigindo, praticando um esporte ou até relaxando em casa. Para quem tem dificuldade em arrumar um tempo para estudar, fica a dica: aproveite para aprender um pouco mais de inglês no trajeto do trabalho até em casa, ou quando estiver cozinhando, por exemplo.

O mais legal é que existe uma infinidade de ritmos, artistas e álbuns e você pode escolher os que mais lhe agradam e não enjoar nunca.

Professores Nativos

Já pensou em ter o Chris Martin, do Coldplay, a Taylor Swift, a Beyoncé ou o Elvis como professor? Através das músicas internacionais, você aprende mais vocabulário e descobre a forma correta de pronunciar cada palavra! Além de treinar “listening” e acostumar seu ouvido à língua, você tem a oportunidade de ouvir diferentes sotaques (inglês, com os Beatles; australiano, com o INXS; sulista, com cantores country, por exemplo.) e aprender o ritmo e a cadência da língua.

– Na prática

A música, como todas as formas artísticas de expressão, é um retrato do seu tempo e espaço. Por isso, através dela, você tem acesso à linguagem do dia a dia (que nem sempre é a forma culta, que aprendemos nos livros), gírias, palavrões e expressões que estão diretamente ligadas ao contexto sociocultural do artista que a escreveu. Com a letra de uma canção você aprende muito mais do que vocabulário e gramática! Pegue por exemplo, Sunday Bloody Sunday, do U2 ou A Day in The Life, dos Beatles. Essas músicas foram inspiradas em fatos reais e, através de suas letras, podemos conhecer um pouco mais sobre a história, cultura e até as tradições americanas, inglesas, irlandesas, etc.

– Fácil e Divertido

Por ter um ritmo e uma estrutura repetitiva, é muito mais fácil e divertido lembrar de algo com a ajuda de uma música. Por isso, quando você aprende a letra de uma canção, de tanto cantá-la, automaticamente grava as novas palavras e expressões e, naturalmente, começa a usá-las em conversas ou redações. O mesmo vale para estruturas gramaticais, tempos verbais, preposições, etc. Seu ouvido acostuma com a forma correta e, isso facilita na hora de colocar seu inglês em prática.

 

Animado para testar se funciona mesmo? Então não deixe de conferir nossa página no Facebook. Tem sempre uma seleção musical bacana para reforçar seus estudos!

Quanto Aumenta Seu Salário quando você Domina Outro Idioma?

Cada vez mais cedo, vemos os brasileiros preocupados e focados na construção de uma carreira. Da escolha dos cursos extra curriculares na infância e adolescência ao curso de graduação, a meta é se preparar para o mercado e, consequentemente, se dar bem na vida profissional.

No meio de tantas incertezas e instabilidades sócio econômicas e políticas, o brasileiro vem tentando, com mais força nas últimas décadas, aumentar sua competitividade, explorar seus talentos e elevar seu padrão de vida.

Mas não foi apenas o foco na carreira que aumentou. A competição está muito mais acirrada. Desde o vestibular, onde centenas de candidatos lutam pela mesma vaga, ao processo seletivo das empresas, apresentar um diferencial de peso é um fator crucial para sobressair-se e superar a concorrência. Um bom currículo, talento, comprometimento, responsabilidade, experiência… tudo isto conta pontos sem dúvida, mas dominar um segundo idioma – especialmente o inglês – coloca o candidato automaticamente no topo da lista.

Seja qual for o setor de atuação ou segmento de mercado, as empresas já descobriram o valor de contar com profissionais que falam inglês e são capazes de expandir seus negócios para além do território nacional, atender clientes internacionais, negociar parcerias com outros países e até mesmo, reportar-se à sede global de uma multinacional com desenvoltura. Quando a barreira do idioma não é um problema, nem está bloqueando o caminho, as possibilidades são infinitas – tanto para a empresa contratante quanto para o colaborador bilíngue.

No caso do profissional, as vantagens não param de crescer. Elas vão desde o fator de destaque e competitividade, que atua como critério de desempate na hora da disputa por uma vaga, como já foi mencionado, ao acesso às melhores empresas, cargos e salários. Segundo pesquisas recentes, na América Latina, a fluência no inglês pode elevar a remuneração de um profissional entre 30% e 50%, em relação a candidatos na mesma categoria, com qualidades e habilidades semelhantes, mas sem o conhecimento da língua. E em países como os EUA, o valor pago por hora chega a aumentar entre 5% e 20%.

É importante ressaltar que isto varia de acordo com inúmeros fatores, como porte da empresa, cliente e / ou projeto, segmento de mercado e experiência profissional. O que não muda, no entanto, é o fato do inglês fluente permanecer crucial para quem sonha com uma carreira de sucesso e com a possibilidade de trabalhar inclusive no exterior.

Se seu inglês está longe de ser fluente e seus conhecimentos são bem básicos, vale lembrar que mentir na hora da entrevista e tentar fingir que seu domínio do idioma é bem superior ao que de fato é, só colocará você em uma situação difícil e poderá desacreditá-lo como profissional, ainda que você possua outras tantas qualidades.

A dica é não perder tempo e tratar de colocar o inglês no topo das suas prioridades. Com o curso certo e muita dedicação, não levará muito tempo para que você atinja seus objetivos.

Blend Words – Junto e Misturado

Talvez você nunca tenha ouvido falar em blend words em inglês mas, com certeza, conhece várias e as usa no seu dia a dia – até mesmo em português!

Também chamadas em inglês de portmanteau words, elas são nada mais, nada menos do que neologismos (palavras novas) criados através da combinação de parte de duas palavras diferentes – das quais empresta também os significados.

Que tal alguns exemplos para entender melhor?

  • Pixel – picture + element
  • Emoticon – emote + icon
  • Email – electronic + mail
  • Internet – international + network
  • Wi-Fi – wireless + fidelity
  • Bit – binary + digit
  • Malware – malicious + software
  • Freeware – free + software
  • Webinar – web + seminar
  • Intercom – international + communication
  • Telethon – telephone + marathon
  • Simulcast – simultaneous + broadcast
  • Camcorder – camera + recorder
  • Sitcom – situation + comedy
  • Fanzine – fan + magazine
  • Biopic – biography + picture
  • Bollywood – Bombay + Hollywood
  • Spanglish – Spanish + English
  • Flare – flame + glare
  • Glimmer – gleam + shimmer
  • Smog – smoke + fog
  • Workaholic – work + alcoholic
  • Brunch – breakfast + lunch
  • Motel – motor + hotel
  • Cellophane – cellulose + diaphane
  • Bionic – biology + electronic
  • Cyborg – cybernetic + organism
  • Multiplex – multiple + complex
  • Cineplex – cinema + complex
  • Smash – smack + mash
  • Ginormous – giant + enormous
  • Humongous – huge + monstrous

Viu como é fácil? Agora é com você!

Selecione algumas blend words que você não conhecia e tente usá-las em sua próxima aula ao vivo. Além de soar mais atual, você terá a oportunidade de fixá-las na memória e incorporá-las de vez ao seu vocabulário. Lembre-se: treinar é a melhor forma de aprender. Esperamos você na próxima aula!

Como se diz….? Na dúvida, vá de tradutor!

Pode ficar tranquilo, você não é o único ser no planeta que, logo que bate uma dúvida de inglês, abre o navegador do seu computador e corre para acessar um tradutor online. Para quem está aprendendo inglês (ou qualquer outro idioma), inconscientemente, os tradutores são verdadeiros salva-vidas.

Aprender inglês é um processo lógico e ordenado que acontece em vários níveis. Se você está dando os primeiros passos para aprender um outro idioma, com certeza sentirá um impulso natural de traduzir tudo para sua própria língua. Isso acontece por causa do desejo racional de compreender o que você está vendo ou ouvindo e seu cérebro automaticamente tenta converter toda essa nova informação em uma linguagem que faça sentido para você.

Se você procurar na internet, encontrará vários tradutores diferentes. Fora eles, também poderá pedir socorro a uma série de aplicativos feitos para seu smartphone. Mas com tantas opções, como saber a qual recorrer? A gente facilita essa escolha para você, com uma lista dos 5 melhores tradutores de inglês online, que você pode usar para traduzir não apenas palavras, mas frases completas!

Fora esta lista, indicamos o tradutor da Open English, que está à sua disposição em nossa plataforma. Além de ser excelente, a vantagem é que você pode fazer sua consulta enquanto estuda, sem nem precisar abrir uma nova página no seu navegador! E junto ao nosso tradutor você encontra outras ferramentas como o dicionário e o corretor ortográfico, que ajudarão a matar todas as suas dúvidas.

Vale lembrar que traduzir é como usar rodinha para aprender a andar de bicicleta. É um recurso que pode ajudar no início do processo de aprendizado e dar confiança à maioria dos alunos que estão no nível básico e intermediário. Mas aos poucos, esta necessidade vai desaparecendo e sendo substituída por conhecimento, conforme seu vocabulário vai aumentando. De acordo com linguistas e especialistas no ensino de idiomas, o verdadeiro aprendizado acontece quando conseguimos criar associações de ideias ao vocabulário que vamos adquirindo, não à palavras correspondentes em nossa própria língua.

Ficou animado? Então saiba que é assim que você aprende inglês na Open English! Aqui você tem imersão total no idioma, com professores americanos em aulas ao vivo, lições interativas e milhares de atividades elaboradas para ajudar você a criar associações e fixar os novos conteúdos. Venha experimentar e descobrir como é fácil deixar o tradutor para trás!

Expressões com Cores

Expressões idiomáticas (idioms, em inglês) são excelentes recursos para enriquecer seu inglês e ajudá-lo a se comunicar com mais fluência.

Através delas, fica mais fácil transmitir uma mensagem com clareza, dando ênfase a seus sentimentos, ideias ou a uma situação em particular. Tanto num diálogo, quanto na hora de escrever, você sentirá a diferença!

Existem milhares destes idioms – alguns que envolvem animais, números e muito mais. Vamos começar pelos relacionados a cores. Confira nossa primeira lista e não deixe de acrescentar novas expressões conforme for se deparando com elas.

COLOR IDIOMS – Part 1

Blue

  • Once in a blue moon – raramente

I get to meet my brother once in a blue moon.

  • Out of the blue – inesperadamente

Carrie was walking home when, out of the blue, she bumped into Tom.

  • To be/look/feel blue – estar, parecer ou se sentir triste

After the breakup, Amy was blue for a while.

PS: also, to have/get the blues

  • To be blue-blooded – ter sangue azul

They movie premier was attended by the city’s blue bloods.

  • Man / Men in blue – polícia

The men in blue arrived late at the crime scene.

  • True blue – leal

Ben is a true blue friend. I can always count on him.

 

Red

  • To catch (somenone) red-handed – flagrar alguém fazendo algo de errado

Some years ago, Winona Ryder was caught red-handed while shoplifting.

  • To be in the red – endividado

After being in the red for years, the company has finally closed its doors.

  • Paint the town red – sair para se diverter

How about you and I go out and paint the town red?

  • Red-carpet treatment – tratamento VIP, ser muito bem tratado

Since Paul was friends with the restaurant’s owner, they gave us the red-carpet treatment.

  • To see red – ficar extremamente bravo

Max saw red when some guy in the bar bought his girlfriend a drink.

  • To wave a red flag in front of a bull – provocar alguém, brincar com fogo

Never talk politics with Daniel. It is like waving a red flag in front of the bull and you’ll lose his friendship.

 

Green

  • To be green – imaturo, inexperiente

The new intern is still too green for the position he was offered.

  • To be green with envy – ficar verde de inveja

As Cinderella waltzed with the Prince, her stepsisters turned green with envy.

  • To get / give someone the green light – receber / dar permissão para prosseguir com um projeto

My boss gave me the green light to develop my own ideas for the new ad.

  • To be a green thumb – ter jeito para mexer com plantas

After a day in the backyard, Jane found out she had a green thumb and that she enjoyed working the land.

  • The grass is always greener on the other side of the fence – a grama do vizinho é sempre mais verde

Most people believe that the grass is greener on the other side of the fence and are always wishing for something else.

Que tal continuar a discussão e aprender muito mais nas nossas Aulas ao Vivo? Acesse nosso site e comece a estudar inglês hoje mesmo!

Expressões em Inglês com Palavras Inseparáveis

Existem alguns casos onde a ordem dos fatores altera sim o produto! Conheça algumas expressões em inglês que têm uma sequência fixa.

Mini-Lesson: Word Pairs

Uma boa estratégia para conseguir mais fluência na hora de falar inglês e usar expressões idiomáticas com naturalidade é conhecer e utilizar alguns pares de palavras que apresentaremos a seguir.

Carinhosamente apelidadas de “Siamese twins” (gêmeos siameses) pelos linguistas da língua inglesa, esses binômios ou expressões binomiais são pares de palavras que possuem a mesma categoria gramatical (portanto, verbo + verbo; adjetivo + adjetivo; substantivo + substantivo, etc), unidos por conjunções ou preposições (e; ou; por; para).

Outra característica marcante destas expressões é que as duas palavras que a compõem devem aparecer sempre em uma determinada sequência – por exemplo, dizemos “sooner or later”, nunca “later or sooner” – e por isso também podem ser chamadas de “fixed binomials” em inglês.

Na prática

Ainda focando na expressão “sooner or later”. Leia o diálogo abaixo e responda as perguntas que vêm em seguida.

*sooner or later = cedo ou tarde; em algum momento no futuro, mas em nenhum momento específico

Amanda: I really need a new laptop.

Jane: You should buy one. When will you get it?

Amanda: Sooner or later — when I have more money.

→ Questão:

Amanda will get a new laptop sooner or later. This time is in—

the past

the present

the future

 

A resposta correta é a terceira alternativa: “Numa hora qualquer, no futuro”.

 

→ Questão:

The answer is: sooner or later. What is the question?

Why are you leaving?

When are you getting a job?

What are you doing?

 

Neste caso, a resposta certa é a alternativa 2. “When” é um pronome interrogativo usado para indagar sobre tempo (quando) – em específico ou em geral.

 

→ Questão:

Qual das sentenças está correta?

I’ll call John sooner or later.

I’ll call John later or sooner.

I’ll call John sooner and later.

 

A resposta é a alternativa 1. A palavra “sooner” sempre vem a frente da palavra “later” e elas sempre estão ligadas por “or”.

 

Glossário

Treine seu inglês com estes pares e acrescente-os ao seu vocabulário!

back to front –de trás para frente

bread and butter – pão com manteiga

by and large – em geral, geralmente

give and take – dar e receber

hustle and bustle – confusão e correria

live and learn – vivendo e aprendendo

loud and clear –alto e claro

make or break – fazer algo com sucesso absoluto ou fracassar completamente

milk and cookies – leite e biscoitos

more or less – mais ou menos

peace and quiet – paz e tranquilidade

safe and sound – são e salvo

salt and pepper – sal e pimenta

short and sweet – breve, curto

sick and tired – estar farto, pelas tampas

slowly but surely – devagar e sempre

step by step – passo a passo

take it or leave it – pegar ou largar

up and down – de cima para baixo

wear and tear – desgaste por uso

 

Agora que você já dominou o tema desta mini lição sobre pares de palavras inseparáveis que formam expressões muito usadas na língua inglesa, tente pensar em outras que você possa conhecer. Tente lembrar também de expressões como estas em português e encontrar equivalentes em inglês.

Quer continuar a aprender? Conheça nosso curso e descubra como é fácil dominar o inglês com a Open English!

Inglês… Em Poucas Palavras

Assim como acontece em todas as línguas, o inglês tem uma porção de palavras cuja frequência de uso no nosso dia a dia determina sua importância. Para quem quer aprender a falar inglês (ou qualquer outra língua), conhecer as chamadas “palavras de alta frequência” é um recurso indispensável para dominar o idioma e tornar o processo de aprendizagem mais fácil.

O curso da Open English foi elaborado com foco nas 4.000 palavras mais usadas em inglês, para ajudá-lo a aprender a falar e escrever em inglês em menos tempo do que um curso tradicional.

Mal pode esperar para aprender inglês? Que tal ir se aquecendo e se preparando para mergulhar na matéria? Uma boa sugestão é começar por estas palavras em inglês que separamos para você. São os 10 substantivos mais usados!

 

  1. Time (tempo): Noun, adjective, verb. The system of those sequential relations that any event has to any other, as past, present, or future; indefinite and continuous duration regarded as that in which events succeed one another.
  1. Person (pessoa): Noun. A human being, whether man, woman, or child.
  1. Year (ano): Noun. A period of 365 or 366 days, in the Gregorian calendar, divided into 12 calendar months, now reckoned as beginning Jan. 1 and ending Dec. 31.
  1. Way (maneira): Noun. Manner, mode, or fashion. Characteristic or habitual manner. A method, plan, or means for attaining a goal.
  1. Day (dia): Noun. The interval of light between two successive nights; the time between sunrise and sunset.
  1. Thing (coisa): Noun. A material object without life or consciousness; an inanimate object.
  1. Man (homem): Noun, verb. An adult male person, as distinguished from a boy or a woman.
  1. World (mundo): Noun. The earth or globe, considered as a planet.
  1. Life (vida): Noun, adjective. The condition that distinguishes organisms from inorganic objects and dead organisms, being manifested by growth through metabolism, reproduction, and the power of adaptation to environment through changes originating internally.
  1. Hand (mão): Noun. The terminal, prehensile part of the upper limb in humans and other primates, consisting of the wrist, metacarpal area, fingers, and thumb.

 

Agora que você já conhece as 10 palavras mais usadas em inglês, está na hora de treinar e usá-las também. Na próxima conversa, tente encaixar algumas delas! À medida que você for aumentando o seu vocabulário básico de inglês, também irá adquirindo mais autonomia quando for se comunicar.

Assim que terminar seu curso de inglês na Open English, você se surpreenderá com o domínio e fluência que terá alcançado no idioma!

Inglês, um item necessário no seu currículo

Construir uma carreira é um projeto de vida que requer análise, planejamento, dedicação e, principalmente, uma ação orientada para a realização de metas.

Antes de sair atirando para todos os lados, é preciso entender as demandas do mercado e realizar uma autoanálise, de modo a descobrir quais qualidades já fazem parte do seu perfil e quais outras devem ser cultivadas para você chegar lá.

Ser capaz de realizar um trabalho de qualidade, consolidar resultados, crescer dentro da empresa, assumir novos desafios e projetos ou cargos no exterior, resolver problemas e agregar novas soluções, trabalhar em equipe, liderar um grupo de pessoas…

À primeira vista, pode até parecer impossível reunir todas estas características em um único indivíduo, mas o segredo para desenvolver estas habilidades e algumas mais é um só: possuir uma capacidade de se comunicar com clareza e facilidade.

Direta ou indiretamente, as maiores qualidades de um profissional de destaque estão relacionadas com a maneira com que ele expressa suas ideias, gerencia o fluxo de informações da empresa, escuta e entende aquilo que é esperado dele e assim por diante. E, talvez isso não seja óbvio para todo mundo, mas alguns dos maiores problemas dentro da empresa ocorrem justamente pela falta de comunicação ou quando ela é feita de forma inadequada. Pense por exemplo, em um gerente dando um feedback para seu time. Dependendo de como ele comunica aquilo que tem a dizer, pode tanto empolgar sua equipe e envolvê-la no desafio quanto desmotivá-la por completo.

No entanto, a coisa não é tão simples quanto pode parecer. Trabalhar seus skills de comunicação é importante, mas é apenas o primeiro passo. Para se destacar de fato, você precisa ser capaz de se articular com igual desenvoltura e clareza em inglês. Ter o inglês no currículo sempre foi um diferencial. Hoje ele mudou de status! Com o inglês básico, aprendido no colégio, você não irá muito longe.

Se levar em conta o fato de que os maiores salários estão em empresas multinacionais, que as empresas nacionais estão procurando oportunidades de negócios em outros mercados, isso já lhe dá motivos de sobra para investir no idioma.

Pensando a médio e longo prazo, quando surgir a necessidade de atualizar seus conhecimentos e se preparar um pouco mais para as mudanças da sua área de atuação, talvez fazer um curso de extensão, uma pós ou um MBA no exterior possa ser uma opção que dará mais peso ao seu currículo, já que as melhores especializações estão por lá. Antes mesmo de considerar se seu inglês é bom o suficiente para que você acompanhe uma aula sem dificuldade, vale lembrar que para ingressar nestes cursos, uma das exigências é ter em mãos um certificado do TOEFL ou IELTS. Ainda que você opte por fazer sua reciclagem profissional no Brasil, pense nos artigos online e nos materiais de estudo mais recentes, que contém as últimas técnicas, teorias e práticas do seu setor. Invariavelmente, estarão escritos em inglês.

Isso sem contar as oportunidades incríveis de beber na fonte, assistindo a congressos, palestras e seminários internacionais e tornar-se a pessoa que trará uma novidade ao mercado brasileiro.

Se seu inglês ainda é seu calcanhar de Aquiles, a gente te ajuda a superar esta barreira.

Conheça nosso curso e comece hoje mesmo a investir em você e no seu futuro.

Como aumentar o vocabulário em 5 dicas

Um dos elementos chave para ter um inglês fluente é possuir um vocabulário extenso, que lhe permita comunicar-se com facilidade, sem ficar empacado tentando encontrar as palavras certas para se expressar.

O método da Open English ajuda você nesse processo, ensinando as 4.000 palavras mais usadas em inglês logo nas primeiras lições, para que você tenha as ferramentas necessárias na hora de partir para a conversação.

Mas isso não quer dizer que você deve se acomodar! Quer saber como aumentar o vocabulário de inglês? Aqui vão algumas dicas de coisas simples que você pode fazer no seu dia a dia, e que vão ajudá-lo a conhecer novas palavras e dar um novo gás ao seu aprendizado.

  1. Ler e Escutar

Ler livros, jornais e até revistas em inglês são uma forma incrível de entrar em contato com palavras que vão além do vocabulário básico de inglês, de um jeito natural e interessante. Da mesma forma, ouvir músicas e assistir a filmes e seriados com legendas em inglês ajuda você a conhecer expressões cotidianas, gírias e aprender a pronúncia correta.

  1. Traduzir e Adivinhar

Procure adivinhar o significado da palavra através do contexto em que está sendo usada. Se ficar mais fácil, tente traduzir toda a sentença para descobrir o que ela quer dizer. Depois, verifique no seu tradutor ou no dicionário se seu palpite está correto. Estudos mostram que lembramos com mais facilidade das palavras que nos esforçamos para tentar decifrar sozinhos.

  1. Anotar e Organizar

Separe um caderno (pode até ser seu caderno virtual na plataforma) onde você possa anotar as novas palavras. Além de reforçá-las visualmente e aprender sua grafia enquanto as escreve, suas anotações servirão para futura referência e você poderá consultá-las sempre que precisar.

Tente mantê-las organizadas por categorias (ex: cores, comidas, viagem), não só para facilitar sua consulta, mas porque associá-las a um tema ajuda na memorização.

  1. Contextualizar e Associar

Crie frases, procure exemplos onde ela está sendo usada, associe a uma imagem, a uma letra de música, poema ou fala de um filme. Fica mais fácil lembrar da palavra quando sabemos como e quando usá-la. Seja criativo e faça associações que façam sentido para você.

  1. Colocar em Prática

Segundo estudos, repetir em voz alta as palavras que você aprendeu ajuda a memorizá-las. Tente usá-las o máximo possível. Dê uma olhada em sua lista e separe algumas. Na próxima aula ao vivo, tente encaixá-las no contexto e usar quando estiver treinando conversação. Talvez, no começo, possa parecer forçado. Mas com o passar do tempo, elas soarão naturais e você nunca mais as esquecerá.

Como se diz Banheiro em inglês?

Existe uma pergunta bem simples que pode complicar muito a sua vida se você não souber como fazer: “Onde fica o banheiro?”. Saber dizer isto em inglês já é um verdadeiro salva-vidas que pode livrá-lo na hora do aperto. No entanto, antes de respirar aliviado, saiba que existem diversas maneiras de se fazer esta pergunta em inglês, que variam de acordo com o grau de intimidade que temos com a pessoa a quem pedimos a informação, por exemplo, ou com o país onde estamos.

Então venha aprender com a gente!

No inglês americano os dois jeitos mais comuns de se fazer a pergunta são:

“Where is the restroom?” ou “Where is the bathroom?”

Aqui no Brasil, quando queremos ser mais formais e educados, estamos acostumados a perguntar “Onde fica a toalete?”. Mas fique esperto, porque Toilet em inglês significa apenas o vaso sanitário. Por isso, não aconselhamos a ligar o “piloto automático” e perguntar “Where is the toilet?”

Na prática

Apesar de todos os restaurantes e a maioria das lojas e locais públicos terem banheiros à disposição dos clientes, nem sempre eles estão à vista, bem sinalizados ou nos lugares mais óbvios. Nessas situações, invariavelmente, você terá de pedir informações para chegar lá e você poderá usar:

→ Excuse me, where is the restroom?

→ Pardon me, where is the restroom?

→ Can you please direct me to the restroom?

Já as mulheres, quando pedem licença e se dirigem ao banheiro, preferem adotar o eufemismo “I’m going to powder my nose” (que para nós equivaleria a dizer “Vou retocar a maquiagem”).

Da mesma forma que temos em português alguns sinônimos como sanitário, lavabo, toalete e W.C. para substituir a palavra banheiro, em inglês também temos várias opções à nossa disposição. Conheça algumas a seguir e a situação mais adequada para usar cada uma:

restroom (mais comum nos EUA e Canadá)

the loo (mais usado no Reino Unido)

lavatory (válido apenas para aviões, trens e ônibus)

bathroom (mais comum nos EUA e Canadá)

washroom (mais usado na Austrália e no Reino Unido)

toilet (apenas para falar privada/vaso sanitário)

facilities (um eufemismo não muito comum, mas possível)

the gents’/the ladies’ (forma coloquial)

WC (mais usado na Europa, ainda que não seja tão comum entre os nativos)

the john (muito coloquial)

the can (muito coloquial)

Na sua próxima viagem, treine o que você acabou de aprender! Quando for a um restaurante, hotel ou loja, pergunte a alguém onde fica o banheiro. Você verá como é fácil!