Aprenda a Expressar Suas Emoções Em Inglês

Outro dia, falamos aqui sobre como descrever expressões faciais e os sentimentos por trás delas em inglês. Hoje vamos dar mais uma ferramenta para você falar sobre emoções em inglês, mas desta vez, sobre as suas!

A forma básica, claro, é falar abertamente: estou tão feliz (I’m so happy), estou com raiva (I’m angry), estou com medo (I’m afraid / I’m scared). Mas também é possível mostrar aos outros o que você está sentindo de uma forma indireta, apenas usando interjeições.

Para a gente, é tão automático sentir dor e soltar um “Ai!” ou trombar com alguém e dizer “Opa!”, que nem imaginamos que em outra língua, esses sons não querem dizer muita coisa. Em inglês, as interjeições para expressar surpresa, medo, dor, alívio, etc, são bem diferentes.

Então venha conhecer as principais aqui com a gente:

 

Interjection Usado para…
Ah! Mostrar que você gosta de algo
Aha! Mostrar que você está contente, porque finalmente entendeu algo
Ahem! Atrair a atenção de alguém. Esse é o som que fazemos ao limpar a garganta
Argh! Expressar frustração ou raiva
Blah, blah, blah! Demonstrar tédio porque alguém não para de falar
Hey! Mostrar surpresa ou raiva, ou chamar a atenção de alguém
Hm… Mostrar que você não tem certeza sobre algo e está pensando sobre isso
Mmm Expressar prazer
Oi! Chamar a atenção de alguém (no inglês britânico)
Oh! Mostrar surpresa
Oh, no! Expressar desapontamento
Ow! Expressar dor
Phew! Mostrar alívio porque algum perigo já passou
Psst! Dar bronca em quem está falando em um lugar silencioso
Shh! Mandar alguém ficar quieto
Tut Mostrar que você fez algo errado ou está bravo. Esse é o som que fazemos encostando a língua no céu da boca
Uh-huh Demonstrar que você está entendendo o que alguém está dizendo. Não quer dizer necessariamente que você concorde
Whoa! Mandar alguém parar
Whoops! Mostrar que você cometeu um erro
Wow! Expressar surpresa
Yuk! Expressar nojo
Yummy! Mostrar que você gosta de comer ou que aquilo que está comendo está gostoso

Pronto para colocar em prática? Então participe da próxima aula de conversação ao vivo e use algumas dessas interjeições, até elas soarem naturais para você e fluírem, como no discurso de um nativo 😉

Se professor vai te ajudar!

Não faz parte da Open English ainda? Está esperando o quê para começar?

Entonação em Inglês: Really. Really?

When learning English, pay close attention to your intonation. In certain situations, intonation can make or break a conversation.

You can change the meaning of certain English expressions dramatically if you change your intonation.  For instance, using rising and falling intonation with the word really in order to communicate different emotional reactions.

The word really has two meanings, depending on its intonation.

Really? (rising intonation, question) = surprise

Really. (falling intonation, statement) = disbelief


Read and analyze the dialogue below and then take the quiz to help you learn the concepts better.

Alice: All of the guys said they would come to our barbecue on Saturday.

Bianca: Really? Even William?

Alice: Yep, even William. He said he’d bring his new girlfriend, Claire.

Bianca: Really. I didn’t know he had a girlfriend.

Good job!

For fully interactive grammar lessons, live conversations with native English speaking teachers, and unlimited practice material, sign up today at Open English!

5 exemplos de como a tecnologia facilitou nossa vida

Desde os anos 80, quando a IBM introduziu ao mundo o computador pessoal (PC) e a Apple o tornou mais acessível, com o célebre Mactintosh, temos assistido à uma evolução vertiginosa em todos os campos, graças às novas tecnologias que surgem a cada minuto.

Nem é preciso dizer que o desenvolvimento tecnológico não apenas tem influenciando, mas mudando completamente nossos paradigmas e a forma como vivemos, na maioria dos casos, melhorando infinitamente nossa qualidade de vida. Quer ver só? Aqui vão pelo menos 5 exemplos!

  1. Adeus, fila no banco

Lembra de quando você era obrigado a ir pessoalmente e enfrentar uma fila interminável no banco cada vez que precisava sacar dinheiro, fazer um depósito ou pagar uma mísera conta? Hoje você até pode dar um pulinho em uma agência para fazer algo específico e apenas se quiser. Com os caixas eletrônicos e, em seguida, os serviços de online banking tudo ficou infinitamente mais simples e rápido. Pagar conta online? Agora você pode escolher se fará a transação no seu computador ou smartphone! E nem precisa se preocupar em digitar o código de barras. O próprio aplicativo do banco tira uma foto do seu boleto e registra tudo certinho. \o/

  1. Trabalhar sem sair de casa

Falando em perda de tempo, existe coisa pior do que ficar parado em um congestionamento? Quem vive em cidades grandes conhece de perto o drama de ter de sair cada vez mais cedo de casa e, ainda assim, chegar atrasado ao trabalho ou a um compromisso qualquer. E quando é seu rodízio, então? Madrugar para chegar ao seu destino antes dele começar e fazer hora depois do expediente para não pegar uma multa. Argh!!!! Ou seja, pelo menos 4 horas do seu dia jogadas fora!!!
Mas, graças à tecnologia, hoje existem ferramentas que tornam possível trabalhar remotamente, com a mesma produtividade e qualidade! Fax, scanner, internet, e-mail, Dropbox, Slack, GDrive, Hangouts, Skype, GotoMeeting, Webex, Hd externo, pendrive… estes são alguns dos salvadores da pátria.
Muitas empresas brasileiras, a exemplo de outras tantas pelo mundo a fora, já começaram a perceber como um dia de homeoffice pode fazer maravilhas pelos colaboradores e para a própria empresa.

  1. Estudar quando e onde quiser

Não foi só no âmbito do trabalho que adquirimos liberdade e flexibilidade. Estudar (principalmente no caso de cursos superiores) tornou-se mais fácil, para viabilizar uma formação de qualidade àqueles que precisam conciliar trabalho e estudo. A evolução das plataformas de ensino fez com que a experiência virtual seja tão eficiente quanto a presencial. Jogos, simuladores, chats, tutoriais e interatividade ajudam os alunos a aprenderem de uma nova maneira. Prova disso é a Open English, que transformou o ensino de inglês em toda a América Latina, introduzindo as vantagens dos cursos online. Instituições prestigiadas como FGV, ESPM, Harvard e MIT também aderiram aos cursos à distância, popularizando as MOOCs, aulas online abertas e gratuitas, reconhecidas academicamente.

  1. Viver mais e melhor

Os avanços científicos e tecnológicos transformaram a medicina mundial. Hoje é possível obter diagnósticos mais rápidos e precisos graças a exames como a ressonância magnética, além de curas para doenças crônicas e até letais. O desenvolvimento no campo cirúrgico nos permite alcançar verdadeiros milagres através de transfusão de órgãos, regeneração de tecidos a partir de enxertos e até substituição de membros por próteses biônicas sofisticadíssimas, capazes até de captar estímulos sensoriais. No campo da genética e bioengenharia, ainda estamos engatinhando! Quem sabe o que seremos capazes de fazer em mais 50 anos!?
O resultado disso é um aumento na expectativa de vida média mundial. Hoje vivemos mais e melhor, tendo acesso a vacinas, tratamentos preventivos e curas para doenças antes consideradas fatais.

  1. Estar 24 horas por dia conectado ao mundo

Se pensarmos em como nos comunicamos atualmente ou como passamos muitas das nossas horas de lazer, talvez aí descubramos um dos aspectos mais impactados pela tecnologia no nosso cotidiano. Primeiro vieram os celulares, depois os smartphones e… bum! Até com nossa família falamos mais virtualmente do que pessoalmente. As redes sociais levaram nossa interação online a um nível antes inimaginável, e se tornaram vitrines para nossos hábitos de entretenimento e consumo. Basta pensar no Facebook, que outro dia anunciou mais de 1 bilhão de usuários conectados em um único dia.

E você? Acha que as mudanças trazidas pela tecnologia melhoraram ou atrapalharam nossa vida? Faça nosso este Quiz e descubra se você da turma dos moderninhos ou dos tradicionais!

Como Pedir Desculpas Em Inglês

Em uma cultura focada em resultados, como a que vivemos, a tolerância para os erros é praticamente zero.

Talvez por isso mesmo muita gente tenha tanta dificuldade, seja na vida pessoal ou profissional, em admitir quando pisa na bola e pedir desculpas. Se no nosso próprio idioma nos faltam palavras, imagine como fica a situação se as desculpas forem em inglês! Soar sincero em uma língua que você não domina e expressar seus sentimentos pode ser uma tarefa bem ingrata.

Pensando em te ajudar nessas situações, montamos uma lista com frases que vão enriquecer seu repertório e vocabulário e ajudá-lo a sair de um apuro.

Preste atenção e aprenda com a gente:

Em situações gerais:

I’m really sorry Eu realmente sinto muito
I’m so sorry Eu sinto muito
I sincerely apologize Minhas sinceras desculpas
I’m terribly sorry Sinto muitíssimo
Sorry about/for…. Sinto muito por / Me desculpe por/ Me perdoe por…
Sorry to hear about your loss Sinto muito por sua perda / Lamento muito por sua perda (quando alguém morre)
Please, forgive me Por favor, me desculpe (ou me perdoe)
I didn’t mean to … Não quis… / Não foi minha intenção…
Pardon me Me Desculpe, Perdão (ex.: ao trombar em alguém)
Excuse me Me Desculpe, Perdão (ex.: ao trombar em alguém)
You were right Você tinha razão / Você estava certo
I beg your pardon Me desculpe (ex.: ao trombar em alguém; para chamar atenção em um restaurante)

Em situações formais ou por escrito:

I owe you an apology Te devo desculpas
There is no excuse for my behavior Não há desculpas para o meu comportamento
I regret… Me arrependo por…
I cannot express how sorry I am Nem consigo dizer o quanto sinto por…
Please accept my apologies Por favor, aceite minhas desculpas
I hope that you can forgive me Espero que possa me perdoar
I apologize wholeheartedly Peço desculpas do fundo do coração

 

Em situações informais ou entre amigos:

I was out of order Foi totalmente inapropriado da minha parte
I messed up Eu fiz m**** (para os mais ousados), Eu estraguei tudo
I made a stupid mistake Cometi um erro estúpido (idiota, besta)
I shouldn’t have said that Não deveria ter dito aquilo
I’m an idiot Sou um imbecil / Sou um idiota
I was wrong/I was in the wrong Estava errado / Estava equivocado

 

Vocabulário para temer à mão:

ENGLISH PORTUGUESE
apologize (verbo) Desculpar-se; pedir desculpas
apology (subs.) Desculpa
beg (verbo) Implorar; pedir; suplicar
excuse (verbo) Justificar; desculpar; dar licença
forgive (verbo) Perdoar; desculpar
forgiveness (subs.) Perdão
humble (adj.) Humilde; modesto
hurt (verbo) Causar dano; ofender; ferir; machucar
misunderstanding (subs.) Mal-entendido; desentendimento, equívoco
pardon (verbo ou subs.) Perdoar (v); perdão ou anistia (subs)
pride (subs.) Orgulho
regret (verbo o subs.) Lamentar (verbo)/ arrependimento (subs.)
sincere (adj.) Sincero(a)(s); honesto(a)(s)
sorry (interj.) Sinto muito; me desculpe
wrong (adj.) Equivocado; incorreto; errado

E se as palavras ainda não foram suficientes, recorra à música (a melhor forma de expressar aquilo que você não consegue). Confira uma trilha sonora escolhida a dedo para inspirar seu próximo pedido de desculpas e para que você continue treinando seu inglês.

Os Erros mais Comuns de Inglês

Graças às suas raízes distintas, português e inglês têm uma estrutura gramatical bem diferente e é aí que o bicho pega. Grande parte dos alunos encasqueta aqui, porque pensa no inglês como se fosse português e tenta traduzir para o outro idioma o que falaria na sua própria língua.

Antes de se sentir culpado, saiba que o inverso também acontece! A dificuldade está em compreender como funciona esta nova construção gramatical e desprogramar-se do vício de pensar no inglês da mesma maneira que pensaria no português.

Quer um exemplo? A maioria das pessoas diria esta frase “Trabalho nesta empresa há 2 anos” da seguinte maneira: “I work at this company for 2 years”. Mas o certo mesmo seria “I have been working 2 years for this company”.

Venha conhecer outros “calcanhares de Aquiles” famosos que podem nocautear seu inglês:

Uso de pronomes

Em inglês, algumas situações pedem o uso de um pronome que em português poderia ser dispensado. Pense no exemplo “it is good”, que em português pode ser simplesmente “está bom” ao invés de “ele (o doce, etc) está bom”, porque aceitamos o sujeito implícito. Consequentemente, quando falamos ou escrevemos em inglês, tendemos a omitir o pronome e dizemos “is good” ao invés de “it is good”. Pode parecer besteira, mas em inglês, isto é tão grave quanto omitir o sujeito em uma oração.

Uso do Present Perfect

Como mostramos na introdução, este erro é um clássico. Ao traduzir algo como “Vivo em Salvador há 20 anos”, temos a mania de usar o tempo simples no lugar do present perfect, dizendo “I live in Salvador for 20 years”. Mas a construção correta em inglês seria “I’ve been living in Salvador for 20 years”.

Mas não se engane e pense que a gente só erra na tradução do português para o inglês. Ao nos deparamos com a mesma frase em inglês, já vamos logo traduzindo como “Eu estou vivendo em Salvador há 20 anos”, que é um crime para com a língua portuguesa!!!!! A tal da “gerundíase”, que virou moda aqui no Brasil, depois que algum infeliz começou a traduzir erroneamente os manuais de call center e nos obrigou a ouvir coisas como “Vou estar entrando em contato” ou “Vamos estar verificando seu pedido”.

Então fique esperto e não sai por aí repetindo o erro.

Uso das preposições

At, in, on, for? Quando usar cada uma? Vira e mexe a gente dá uma escorregada e troca uma pela outra. Será que o correto é: “See you at the party” ou “See you in the party” ou “See you on the party”?

Na verdade, poderia ser:

See you at the party. I’ll be there on time.

See you in class.

See you next class (sem preposição)

Ordem da construção gramatical

Em português, o mais comum é usarmos o adjetivo após o substantivo que ele qualifica, como em “Ele tem olhos verdes”. Em inglês, o nome vem antes: “He has green eyes”. Não dá nem para imaginar como seria se fosse “He has eyes green”!

Esses pequenos detalhes podem passar batido para você, mas denunciam que seu inglês não é lá essas coisas. Então é bom ter atenção e redobrar o cuidado. Pensar em inglês é outra dica que ajuda você a não cair nessas armadilhas. E, por fim, treinar, treinar e treinar!

Aqui a gente falou por cima, mas nas nossas lições você vê cada um desses pontos a fundo, faz exercícios de fixação e tem a chance de praticar de várias formas diferentes.

Para quem não é aluno da Open English, dê o primeiro passo aqui.

10 Provérbios em Inglês e Seus Significados

Que atire a primeira pedra quem não, vira e mexe, solta um provérbio no meio de uma conversa – como a gente acabou de fazer! Se engana quem acha que ditados populares são coisa da época das nossas avós. Prova disso é que você mesmo deve estar lembrando de vários deles, como: “a cavalo dado não se olha os dentes”, “pau que nasce torto não tem conserto”, “quem semeia vento colhe tempestade”. A lista é praticamente interminável, assim como o uso dessas expressões, que continuam vivinhas na boca do povo.

Ao contrário do que muita gente pode pensar, isso não é uma exclusividade da língua portuguesa. No inglês, você encontra praticamente as mesmas expressões, outras bem parecidas ou, pelo menos, com o mesmo significado. A gente separou algumas aqui para você conhecer e adotar no seu vocabulário.

Preste atenção e perceba como usar uma expressão destas aqui ou ali podem enriquecer sua comunicação, dando um toque de humor, sabedoria e até ironia às suas palavras, além de conferir mais dimensão àquilo que você está dizendo. Recursos como expressões idiomáticas e provérbios, por exemplo, são recorrentes na fala dos nativos de qualquer idioma, então experimente usá-las, mas sem exagero!

“Bora” aprender?

Português Meaning Proverb in English
Há males que vêm para bem. There’s no bad from which something good doesn’t come. Every cloud has a silver lining.
Deus ajuda a quem cedo madruga. Getting an early starts always pays off. The early bird catches the worm.
O que os olhos não veem, o coração não sente. Eyes that don’t see, heart that doesn’t feel. Out of sight, out of mind.
Mais vale um pássaro na mão do que dois voando. A bird in the hand is worth more than one hundred flying. A bird in the hand is worth two in the bush.
Filho de peixe, peixinho é.

Tal pai, tal filho.

Children usually take after their parents. The fruit never falls far from the tree.
Diz-me com quem andas e te direi quem és. Tell me who you hang out with and I’ll tell you who you are. Birds of a feather flock together.
Em Roma, faça como os romanos. Go with the flow, do something because everyone else is doing it. When in Rome, do as the Romans do.
Não deixe para amanhã o que você pode fazer hoje. Don’t leave for tomorrow what you can do today. Take advantage of every minute of your life.
Quem tem telhado de vidro não atira pedra no do vizinho. Those who have a guilty conscience have no right to speak ill of others People who live in glass houses should not throw stones.
A grama do vizinho é sempre mais verde. People are never satisfied with what they have. The grass is always greener on the other side of the fence

Lembre-se de que essas expressões aparecem sempre em um contexto informal e coloquial, então cuidado para não soltar uma em um contexto profissional.

Quer aprender mais? Então aproveite o embalo e faça uma lição nova ou uma aula ao vivo!
Se você não é nosso aluno, pare de perder tempo e comece a aprender inglês com a gente!

Festival de Música: Um guia de sobrevivência para você curtir seus shows favoritos

Boas novas para quem ama música: o Brasil está definitivamente na rota dos melhores shows do planeta \o/.

Em 2015, nossa agenda musical foi um verdadeiro sonho, com mais uma edição do Festival de Música Lollapalooza, o Tomorrowland, o Live Earth e, agora em setembro, o tão esperado Rock in Rio, completando 30 anos! Isso sem contar as turnês de artistas e bandas como Foo Fighters, Ed Sheeran e até o revival dos Back Street Boys.

Além de um programa diferente e delicioso para se fazer com os amigos, com seu amor ou sozinho, o grande barato de ir a um show é ver de pertinho as performances das suas músicas preferidas e cantar junto com a galera.

Só um pedido: faça um favor para você e para quem está ou seu lado, e aprenda as letras dos hits antes, para não pagar nenhum mico!!!! Música é uma forma gostosa e super útil de aprender novo vocabulário em inglês, lembrar de palavras e expressões, treinar sua pronúncia e seu ouvido também. Uma o útil ao agradável e arrase no próximo show!

COISAS INDISPENSÁVEIS PARA LEVAR A FESTIVAIS DE MÚSICA

Festivais de Música são bem diferentes de shows realizados em arenas ou em locais fechados. O grande barato desses eventos, além dos vários palcos, onde acontecem atrações simultâneas, são os workshops, rodas-gigantes e até montanhas-russas, tudo espalhado por um local enorme, ao ar livre. Essa verdadeira maratona musical e de entretenimento costuma começar no início da tarde e ir noite a dentro, quando as atrações mais aguardadas entram em campo.

Para sobreviver e aproveitar 1 dia ou mais em um Festival de Música, é preciso preparo e um bom kit de sobrevivência:

Além do inglês na ponta da língua, a dica é não sai de casa sem alguns itens essenciais para sobreviver à maratona de shows que você deve enfrentar num festival de música. Vem conferir e aprender como dizer cada um deles em inglês!

English Português Por que?
Backpack Mochila Para carregar suas coisas. Leve apenas o necessário, para não sobrecarregar os ombros e não ter problemas na hora da revista
Confortable clothes Roupas Confortáveis Você vai tomar sol, chuva, enfrentar a noite e só Deus sabe o que mais. Pense em conforto e aposte em peças leves, largas e no bom e velho tênis
Sweatpants Moletom Em dúvida? Veja alguns exemplos para você compor o seu look aqui do lado 😉

Evite jeans, coturnos, botinhas e, nem precisamos dizer, saias curtas. Conforto em primeiro lugar!

T-shirts, Tees Camisetas
Shorts Short
Bandana Bandana
Tennis shoes Tênis
Socks Meias
Cardigan Cardigan
Jacket Casaco, jaqueta
(Rain) Ponchos Capa de Chuva Não deixe sua diversão ir por água abaixo, uma capinha dobrada na mochila pode garantir seu sossego na hora do toró
Sarong Canga Cansou ou quer relaxar entre um show e outro? Para sentar no chão ou na grama, nada melhor do que uma canga ou uma toalha leve
Sunglasses Óculos Escuros Além de dar um “tchan” no visual, proteja seus olhos e consiga encarar o palco, mesmo quando o sol estiver torrando
(Baseball) Cap Boné Outro aliado poderoso contra o sol na cara
Sunscreen (lotion) Protetor Solar Não é só o rosto que precisa de cuidados contra os raios UV!
Tissues or Toillet paper Lencinhos ou Papel Higiênico Depois de baldes de refri, água e cerveja para refrescar o calor, nem sempre os banheiros químicos conseguem estar bem abastecidos para dar conta da galera. Não corra o risco do papel acabar na sua vez!
Painkiller/ aspirins Analgésico / aspirina Dor de cabeça, cólica, dor muscular… pode acontecer de tudo. Vá prevenido para não estragar o passeio
Chewing gum / mint breaths Chiclete / bala Para refrescar o hálito. Pode levar, desde que a embalagem esteja fechada.
Canteen Squeeze Leve um recipiente para água. O ideal é que seja dobrável, mas uma garrafinha de água já ajuda
Cereal bars Barrinha de Cereal A comida pode ser cara no festival. Engane o estômago com um lanchinho saudável
Pocket Money / Change Dinheiro trocado Além do cartão de débito, leve alguns trocados para emergências ou para facilitar a sua vida
Emergency contacts info Números importantes Falando em emergências, anote números importantes. Vai que acaba a bateria ou você perde o celular?
ID, License Documentos (Identidade, Carteira de Motorista) Sair de casa sem os documentos não dá. Ainda mais em shows! Para quem comprou meia-entrada, carteirinha de estudante é indispensável para entrar

Beleza? Então faça seu check-list e vá preparado para o próximo show!

E não esqueça de treinar seu inglês com a gente, para entender suas músicas favoritas! Comece hoje mesmo!

Mini-Lição: Keep Going

The word keep may be used to talk about a continuing activity. We say keep going to mean that a person should continue doing something.

To emphasize the idea of continuation or duration, people often use the preposition “on” as an additional element: “keep on going”.

In context

Read the paragraph below and take the quiz to test your knowledge!


Alice: How far have you run today?

Max: I’ve run 5 miles already, and I have 3 more to go.

Alice: Keep going! You’re doing great.

Max: Thanks. Let’s talk when I’m done.


Talk about it: Use keep+ verb + -ing to tell someone to continue doing something, try

adding “on” for emphasis!

Learn more by logging into the Open English learning platform or begin your course today.

Cursos Online Grátis Para Você Dar Um Up No Seu Currículo

Se você está sentindo que está na hora de melhorar seu currículo e partir para novas oportunidades de emprego e carreira, está aqui é para você!

A dica vem do site Catraca Livre, que separou uma seleção de cursos online gratuitos, oferecidos por cinco instituições brasileiras de renome. Vem conferir:

  1. A ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing) oferece sete cursos de educação à distância totalmente gratuitos. Os cursos são abertos para todos os públicos, basta fazer uma rápida inscrição e começar a estudar de onde estiver
  2. O FGV Online, programa de educação a distância da Fundação Getulio Vargas, disponibiliza 47 cursos de qualificação gratuitos, sendo cinco deles com versão em espanhol. O conteúdo das aulas passeia pelas áreas da administração; direito; educação; tecnologia da informação; e comunicação e marketing.
  3. O CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola) oferece 43 cursos inteiramente gratuitos para você que quer melhorar o currículo e ampliar seu campo de conhecimento. Os estudantes interessados devem se cadastrar na plataforma antes de escolherem algum curso.
  4. Você pode escolher uma das mais de 80 opções de cursos online oferecidos pela Fundação Bradesco. O estudante deve acessar o portal da Escol@ Virtual e preencher um formulário de inscrição.
  5. O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de São Paulo oferece 13 cursos gratuitos, 100% à distância, e o ambiente de estudos estará disponível 24h, no período de 30 dias, a partir da data de início do curso. Para receber o certificado de conclusão, é preciso atingir o máximo de aproveitamento durante as aulas.

Para quem nunca estudou online, taí uma excelente oportunidade para experimentar e descobrir todas as vantagens de aprender pela internet.

E para quem está de olho no aperfeiçoamento profissional e em cursos para se destacar no mercado, a dica é não esquecer do seu inglês.

Você também aprender online aqui com a gente. Que tal começar hoje? 😉

De Olho na Agenda: Aprenda os Dias da Semana

Com a correria do dia a dia, nossa agenda, quem diria, acabou se tornando um dos nossos companheiros inseparáveis. Ela pode ser de papel ou digital, mas está sempre lá, nos lembrando das nossas obrigações e compromissos. Se você é usuário de aplicativos, se amarra no Google Calendar ou adora aquelas agendas e calendários importados com gráficos incríveis, sabe que nem sempre eles falam a mesma língua que você L

Para não confundir as bolas na hora de agendar uma reunião decisiva, aquele tão esperado encontro ou um almoço com os amigos, venha aprender com a gente como dizer os dias da semana e meses em inglês.

Lembrando que os dias da semana foram batizados (na maior parte das línguas) segundo os nomes de astros e planetas em latim, você conseguirá recordar os nomes com mais facilidade 😉

Venha ver:

Dias da semana em inglês Days of the week Latim (planeta/astro em inglês)
Segunda-Feira Monday Solis (Sun)
Terça-Feira Tuesday Lunae (Moon)
Quarta-Feira Wednesday Martis (Mars)
Quinta-Feira Thursday Mercurii (Mercury)
Sexta-Feira Friday Jovis (Jupiter)
Sábado Saturday Veneris (Venus)
Domingo Sunday Saturni (Saturn)

Quer ver como usar os dias da semana dentro de um contexto? Confira a lição 1 da terceira unidade (nível 1).

Prontinho! Agora é a sua vez de acessar a plataforma e colocar o que você aprendeu em prática! Ainda não é aluno da Open English? Tá esperando o quê? Junte-se a nós!