Filmes Pra Treinar Inglês E Entrar No Clima De Natal

Mal entra dezembro, parece que o tempo – que já é curto – voa. O trânsito piora, começa a temporada de caça aos presentes de Natal, amigos-secretos, reuniões de famílias, happy hours, preparativos para a ceia… e as aulas de inglês ficam pra trás. Mesmo com a ajuda da Open English, que oferece aulas 24 horas, todos os dias, o que falta mesmo é disposição.

Mas isso tudo ainda não é desculpa para deixar a peteca cair e seu inglês enferrujar. A dica é aproveitar os momentos de preguiça e ressaca, pegar o controle remoto, garantir um lugar no sofá e treinar seu inglês assistindo à programação natalina – da sua coleção de DVDs, da TV e do Netflix.

Se possível, use as legendas em inglês para aprender a grafia das palavras e perceber como elas são pronunciadas – mas se você preferir ficar no português mesmo, aproveite para descobrir novas palavras ou tirar a dúvida do significado do que você ouviu.

Vai aí nossas ideias para você montar sua própria maratona de Natal. Tem filme para todos os gostos! Escolha os seus, pegue o sanduíche de peru e bom estudo 😉

Natal Vintage:

Título Original Título em Português
It’s a Wonderful Life A Felicidade Não Se Compra
Miracle on 34th Street Milagre na Rua 34
White Christmas Natal Branco

Natal Animado:

Título Original Título em Português
The Polar Express O Expresso Polar
A Charlie Brown Christmas O Natal do Charlie Brown
Mickey’s Christmas Carol O Conto de Natal do Mickey
A Christmas Carol Os Fantasmas de Scrooge
The Nightmare Before Christmas O Estranho Mundo de Jack

Natal em Família

Título Original Título em Português
Home Alone Esqueceram de Mim
Home Alone 2: Lost in New York Esqueceram de Mim 2
How the Grinch Stole Christmas O Grinch
Jingle All The Way Um Herói de Brinquedo
Christmas Vacation Férias Frustradas de Natal
All I Want For Christmas Um Pedido de Natal
A Christmas Story Uma História de Natal

Natal Romântico

Título Original Título em Português
Love Actually Simplesmente Amor
The Holiday O Amor Não Tira Férias
While You Were Sleeping Enquanto Você Dormia
Serendipity Escrito nas Estrelas
Little Women Adoráveis Mulheres

Seu filme favorito ficou de fora ou você já cansou do Natal? Sem problemas! Qualquer filme em inglês ou a sua série favorita dão resultado!

Mas se bater a saudades, lembre-se de que qualquer hora é hora. Acesse nossa plataforma e faça quantas atividades você quiser! Não é nosso aluno ainda? Aproveite para começar o ano aprendendo inglês!

10 Maneiras De Dizer De Nada Em Inglês

Assim como em português, existem muitas formas de agradecer alguém em inglês e muitas maneiras de retribuir este agradecimento. Dependendo da circunstância, este simples de nada pode ser encarado de diversas maneiras, que vão desde uma resposta automática, a um sinal de educação ou até um bônus a seu favor em uma relação de negócios.

Dá até para dizer que um jeito original de dizer de nada em inglês pode abrir mais portas na sua carreira, principalmente se você trabalha com gastronomia, atendimento ao cliente, ou naquelas situações onde uma boa impressão pode ser o elemento decisivo para fechar uma parceria ou um negócio.

Ficou curioso? Então conheça algumas variações do famoso de nada em inglês, nesta listinha que separamos para você usar nas mais diversas situações. Todas as frases que você verá a seguir querem dizer, de jeitos diferentes, que você prestou uma ajuda pessoal com muito prazer e que seu interlocutor nem precisa se preocupar em lhe agradecer por isso.

Então vamos aprender:

You’re welcome De nada (literalmente: “você é bem-vindo”).
It’s my pleasure/My pleasure É um prazer/ o prazer é todo meu
Don’t mention it Imagina! / que é isso! (literalmente “nem mencione”)
I’m happy to help  Foi um prazer (literalmente: “estou feliz por ter ajudado”)
Not at all Não há de que / por nada
I owe you Fico te devendo
No worries Não se preocupe / nem esquente/ deixa pra lá
It was nothing Não foi nada / Por nada
Sure Claro!
Anytime Disponha / Pode contar comigo / Estamos aqui pra isso (literalmente: “a qualquer momento”)

 

Nossa dica: “You’re welcome” é a forma mais usada, e talvez por isso mesmo, pode soar meio automática. Se quiser impressionar, tente fazer uso de umas destas outras formas mais originais e amigáveis.

E lembre-se de coloca-las em prática para fixar, até que elas soem naturais para você! Venha treinar com nossos professores americanos, que ajudarão você a pronunciar corretamente e distinguir em que momento convém usar uma frase ou outra. Basta participar das nossas aulas ao vivo!

Se você não é aluno da Open English, comece hoje mesmo!

18 Abreviações Em Inglês Que Você Precisa Conhecer

Com a popularização da internet, dos chats, e-mails, SMS e aplicativos como WhatsApp, trocar mensagens de texto virou parte essencial na vida da maioria das pessoas. Para manter-se ativo neste vício, é preciso habilidade e rapidez para teclar e já pular para a próxima conversa, tudo isso enquanto executamos um milhão de outras atividades simultaneamente. Assim, abreviações passaram a ser usadas com desenvoltura e, em inglês, siglas começaram a surgir e ser adotadas universalmente. Hoje elas saltaram das telas dos smartphones e computadores direto para nossa linguagem do dia a dia e não é raro ouvirmos um ASAP (as soon as possible – o mais rápido possível) ou FYI (for your information – para sua informação) por aí.  

Ainda assim, não é raro darmos de cara com uma sigla totalmente desconhecida. Por isso, selecionamos algumas das mais populares e úteis, que vão ajudá-lo a se comunicar melhor e impressionar os amigos.

Vem ver:

  Abreviação Equivalente em inglês Tradução em Português
1 ASAP As soon as possible Assim que possível; o quanto antes
2 B/C Because Porque
3 BFN Bye for now Até mais
4 DM Direct Message Mensagem direta
5 FTF Face to face Cara a cara
6 FYI For your information Para sua informação; para seu conhecimento
7 ICYMI In case you missed it Caso tenha esquecido
8 IRL In real life Na vida real
9 LMLT Look my last tweet Veja o meu último tweet
10 LOL Laughing out loud Rindo alto
11 NP No problem Sem problema
12 OH OverHead Ouvi por aí
13 OMG Oh my God Oh Meu Deus
14 PLZ Please Por favor
15 PRT partial retweet Retweet parcial
16 QOTD Quote of the day Frase do dia
17 TMI Too much information Informação de mais
18 TY Thank you Obrigado

 

No mundo digital, o inglês é indispensável! Se pararmos para pensar, a grande maioria do conteúdo disponível online está nesta língua. Aliás, tecnologia e inglês têm tudo a ver. Se quiser aprender mais palavras que surgiram deste casamento, leia o post “A influência da tecnologia nas palavras em inglês”.

E, pra fixar todo esse novo vocabulário, vem treinar com a gente, na aula ao vivo que já vai começar! Esperamos por você!

Como se diz “Oi” em inglês? Aprenda 15 maneiras diferentes!

Uma das coisas mais legais sobre um idioma é a possibilidade de dizer uma única coisa de mil maneiras diferentes. Por outro lado, isso também pode ser um fator de confusão se você não souber como e quando usar cada variação da forma correta.

Este é o caso das saudações e despedidas em inglês. Para quê tantas palavras diferentes querendo dizer a mesma coisa!? Fácil: exatamente como em português temos “oi” e “como vai”, em inglês usamos essas variações de acordo com o grau de formalidade da situação, a proximidade com o interlocutor e assim por diante.

Ok… com certeza você sabe como dizer “Olá” em inglês (dica: é o nome do nosso Blog!!!). Então está na hora de aprender outras saudações em inglês e a forma correta de usar cada uma. Vamos lá!

Greetings – Saudações Formal Informal
1 Good afternoon Boa tarde
2 Good evening Boa noite
3 Good morning Bom dia
4 Hello Olá
5 Hi Oi
6 How are things? Como as coisas estão?
7 How are you doing? Como tem passado?
8 How are you? Como você está?
9 How do you do? Como vai?
10 How’s it going? Tudo bem?/Tudo certo?/ Tudo em cima?/ Tudo joia?/ Firmeza?
11 How’s the family? Como vai a família?
12 Welcome Seja bem-vindo/s
13 What happened? Que foi?/ O que aconteceu?
14 What’s new? Quais as novas?/Quais as novidades?/ O que tem de novo?
15 What’s up? / What’s happening? E aí?/ O que tá pegando?/ Qual a boa?

 

Pronto! Você já está preparado para sair distribuindo “Ois” por aí, não importa se estiver entre amigos, parentes ou na empresa, sem medo de ser feliz 😉

Você pode, inclusive, ousar e usar mais de uma expressão ao mesmo tempo, como fazemos em português com o “Oi! Tudo bem?” (Hi! How are you?). O segredo é ir praticando e você vai pegar o jeito. Na próxima aula ao vivo, experimente algumas destas expressões ao saudar o professor e os outros colegas.

Ainda não faz parte da nossa comunidade? Comece agora!

40 Perguntas Em Inglês Que Você Precisa Aprender

Aprender a falar uma nova língua só traz vantagens, mas a principal, com certeza é permitir que você se comunique mais e melhor com pessoas de todas as partes do mundo. E para isso, é fundamental saber algumas perguntas essenciais, que podem surgir em qualquer tipo de conversa.

Para facilitar sua vida, vamos te apresentar agora algumas.

Vem aprender!

English Portuguese
1 Are you married? Vocë é casado(a)?
2 Are you ready? Está pronto(a)?
3 Have you got a car / job / house / etc.? Você tem um carro / emprego / casa /etc?
4 How are things? Como vão as coisas?
5 How are you doing? (informal) Tudo bem? (informal para Como vai?)
6 How are you? Como vai?
7 How do you do? (very formal) Como tem passado? (muito formal)
8 How many days? Quantos dias?
9 How old are you? Quantos anos você tem?
10 How was it? Como foi?
11 How? Como?
12 How’s it going? (informal) E aí? / E a vida? (informal)
13 In what direction are you going? Para que lado (direção) você está indo?
14 Where is my…? Onde está o meu (a minha)…?
15 What are you doing? O que você está fazendo?
16 What do you do? / What’s your job? O que você faz? / No que você trabalha? / Qual o seu trabalho?
17 What do you like? Do que você gosta?
18 What do you think about…? O que você pensa sobre…?
19 What time is it? Que horas são?
20 What would you like to eat? O que você gostaria de comer?
21 What? O que?
22 What’s your name? Qual o seu nome?
23 What’s new? O que há de novo? / Quais as novidades?
24 What’s that? O que é aquilo?
25 What’s the weather like? Como está o tempo?
26 What’s up? / What’s happening? (informal) O que tá rolando? / O que está acontecendo? (informal)
27 What’s your favourite singer / color / movie / etc.? Qual o seu cantor / cor / filme/ etc / preferido?
28 When? Quando?
29 Where are you from? De onde você vem?
30 Where are you? Onde você está?
31 Where did you go? Onde você foi?
32 Where do you live? Onde você mora?
33 Where were you born? Onde você nasceu?
34 Where were you? Onde você estava?
35 Where? Onde?
36 Who said that? Quem disso aquilo?
37 Whose? De quem?
38 Why? Por quê?
39 With whom are you working? Com quem está trabalhando?
40 Would you like something to drink? Quer algo para beber?

Agora que você já tem um ponto de partida, corra e vá treinar nas nossas aulas de conversação em grupo. E venha aprender cada dia mais inglês com o método inteligente da Open English! Conheça o nosso curso aqui!

O que é o Black Friday?

Há alguns anos, começamos a ouvir falar numa tal de Black Friday, uma sexta-feira maluca em novembro, quando lojas de todos os cantos enlouquecem e baixam absurdamente seus preços, sem mais nem menos. A gente, igualmente enlouquecidos, sai correndo para aproveitar as oportunidades e preços (nem sempre) mais baixos, como se não houvesse amanhã.

Mas afinal de contas, de onde surgiu essa doideira?

Nos Estados Unidos, na última quinta-feira de novembro celebra-se o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), um feriado nacional importantíssimo, que reúne toda a família para um fim de semana prolongado, afim de dar graças a mais um ano repleto de bênçãos. Aproveitando o feriado e o início de Dezembro em poucos dias, a sexta-feira seguinte passou a ser o momento ideal para uma mega liquidação, que marca o início das compras de Natal: a Black Friday. O nome faz alusão ao lucro dos comerciantes (contabilmente, os lucros são registrados em preto e os prejuízos em vermelho) que, por motivos meio óbvios, ficam no lucro nesse dia.

Mas também sai no lucro quem tem paciência para rastrear preços e caçar ofertas, que pipocam nas lojas físicas e online de todo o país (e do mundo). E sim, os descontos são significativos!

Nos EUA, já é costume entre as famílias comemorar o Thanksgiving mais cedo e madrugar a noite toda, acampadas em frente as maiores lojas de departamento, tudo para garantir um lugar nas filas e a maior variedade de produtos assim que as portas se abrem.

Não é raro vermos cenas bizarras nos noticiários do dia, mostrando pessoas, literalmente, saindo no tapa por causa de uma mercadoria ou gente sendo pisoteada dentro das lojas por uma multidão ensandecida.

Ainda assim, os americanos (lojistas e consumidores) esperam ansiosamente pelo Black Friday e saem em peso para comprar na data. Tanto, que desde 2013, vários estabelecimentos passaram a antecipar a data, começando as ofertas na quarta e na quinta que a antecedem.

Para quem nunca se aventurou, mas está animado para começar neste ano, separamos algumas dicas legais de como tirar o maior proveito. Vem conferir:

  • Acesse o site das lojas ou dê um pulinho nelas alguns dias antes da data para aproveitar as ofertas que surgem antes da Black Friday, além de ter uma ideia de preços e poder comparar com as ofertas do dia, para não cair em nenhum golpe.
  • Estabeleça suas prioridades, fazendo uma listinha dos seus objetos de desejo. No meio de tantas ofertas, fica difícil resistir à tentação e à compulsão de comprar.
  • Dê preferência à itens mais caros, porque sua economia terá peso maior. Ex: Prefira comprar uma televisão, economizando 500,00 ao invés de um par de sapatos, com desconto de 40,00.
  • Se for a uma loja física, tente ir acompanhado. Assim, cada pessoa pode ir a um departamento e, em conjunto, vocês podem aproveitar mais ofertas.

Fique de olho: a Open English também sempre entra na brincadeira e lança uma promoção bacana para você aproveitar a Black Friday e vir estudar com a gente.

Visite nosso site e nossa página no Facebook pra acompanhar as novidades.

Boas Compras!

Músicas Pra Embalar Sua Road Trip E Treinar Seu Inglês

Com 48 estados contíguos (mais o Distrito de Colúmbia), o país mais extenso do continente americano possui paisagens deslumbrantes, que variam do tropical ao desértico, além de uma variedade geográfica marcada por penhascos, na costa do Pacífico, e até pântanos, no sul. Então, se você é daqueles que têm espírito aventureiro, uma viagem pelos Estados Unidos pode ser sua chance de explorar um território com surpresas infinitas, além de treinar seu inglês! A gente ajuda você a cair na estrada.

As chamadas “road trips” (viagens de carro pelas estradas) são uma parte fundamental da cultura norte-americana, celebradas em inúmeros livros (como On the Road, The White Album, Fear and Loathing in Las Vegas…), filmes (Thelma and Louise, The Guilt Trip, Elizabethtown, National Lampoon’s Vacation) e até músicas!

Para quem perde horas no carro, enfrentando o trânsito da cidade, ou aos mais sortudos, que estão planejando um rolê até o litoral ou interior (quem sabe até uma road trip pelos Estados Unidos!!!), preparamos uma seleção musical bem eclética, pra ajudar a treinar inglês atrás do volante, com 39 canções pra te acompanhar nessa jornada.

Abaixe as janelas e aumente o som:

E pra você acompanhar e entender as letras, vai aí um glossário sobre o tema, que vai te inspirar a continuar aprendendo e aumentando seu vocabulário.

ENGLISH EQUIVALENTE OU SIGNIFICADO EM PORTUGUÊS
Hit the road Cair na estrada, começar uma viagem
Jump on the bandwagon (saltar no vagão do grupo) Significa que a pessoa decidiu fazer ou participar de algo apenas quando viu que deu certou ou porque está na moda (não antes)
In the same boat (no mesmo barco) Estar na mesma situação que alguém
Miss the boat (perder o barco) Perder a oportunidade
Cart before the horse Colocar os burros na frente da carroça, precipitar-se
Drive a hard bargain (negociar duro) Quando alguém é bom para negociar e consegue sempre levar alguma vantagem com isso
Drive up the wall (subir pelas paredes) Quando alguém faz você “subir pelas paredes”, significa que é capaz de te irritar profundamente
Backseat driver (condutor que está no banco do passageiro) Esta expressão é usada para descrever uma pessoa que é passageiro de um veículo, mas não para de palpitar sobre o caminho ou como dirigir
Itchy feet (pés coçando, comichão nos pés) Refere-se a pessoas que não conseguem ficar muito tempo em um lugar e gostam de viajar e descobrir novos destinos a todo momento
On the home stretch (na reta final) Chegando ao final de algo, atingindo uma meta
My way or the highway (do meu jeito ou na rua) A frase “it’s my way or the highway” significa que, se alguém não aceitar o que está propondo, você se retira do projeto, trabalho, etc. É um ultimatum no qual quem não aceitar sai perdendo

 

E não se esqueça: na Open English você aprender de um jeito diferente, com conteúdo interativo, divertido e útil, que te ajuda a aprender mais inglês em menos tempo. Inscreva-se hoje!

Um Terror De Inglês: O Vocabulário Que Você Precisa Para Sobreviver Ao Halloween

Comemorar o Halloween, aqui no Brasil, é algo relativamente novo, mas que a gente adora! A primeira coisa que vem à mente é: fantasia, festa, abóbora e doces. Mas nem é preciso toda esta mão de obra pra curtir a data!

Umas pipocas e uma bela maratona de filmes de terror, com as luzes apagadas, é capaz de gelar o sangue dos mais corajosos.

A verdade é uma: todo mundo se amarra numa história de terror.

Os ingleses, desde sempre, colecionam lendas e casos de assombrações em casas, castelos, estradas, cemitérios e o que mais você puder imaginar. Alguns dos nossos “monstros preferidos” nasceram ou foram imortalizados pela literatura inglesa. Quer ver?

Quase todas as peças de Shakespeare têm algum elemento sobrenatural. Para citar apenas duas, a cena de abertura de Macbeth apresenta 3 bruxas fazendo uma “magia negra básica”. Já em Hamlet, o príncipe da Dinamarca descobre que há “algo podre em seu reino” depois de ser visitado pelo fantasma de seu pai.

Outro mestre da literatura inglesa, Charles Dickens, atormenta o rabugento Ebenezer Scrooge com a visita de 3 fantasmas na véspera do Natal, no clássico A Christmas Carol (Um Conto de Natal).

No entanto, foram dois outros autores ingleses quem levaram o terror a um novo patamar: Bram Stoker, com Drácula, e Mary Shelley, com Frankenstein.

Das páginas dos livros, às telas de cinema, esses personagens ganharam companheiros como a Múmia e o Lobisomem, formando um grupinho conhecido como “os Monstros Clássicos” ou ainda, os “Monstros da Universal” (em homenagem a Universal Studios, responsável pela produção dos filmes e suas rentáveis sequências).

Seja para escolher uma fantasia para este Halloween, ou apenas para curtir os filmes, separamos uma lição especial, recheada com todo o vocabulário que você precisa saber para mergulhar de cabeça no gênero.

Que tal começar pelos nossos monstros preferidos em inglês?

Monstros Monsters
Lobisomem Werewolf
Vampiro Vampire
Conde Drácula Count Dracula
Múmia Mummy
A Criatura de Frankenstein Frankenstein’s Creature
Monstro do Pântano Creature from the Black Lagoon
Bruxa Witch
Mago (do mal), Bruxo Warlock
Zumbi Zombie
Morto-Vivo Undead, living dead
Esqueleto Skeletons
Cadáver Corpse
Fantasma Ghost, Phantom
Espírito Spirit, Ghoul
Espectro Wraith, Spook
Aparição Apparition
Assombração Haunt
Poltergeist Poltergeist
Assassino Murderer, Killer, Assassin
Cavaleiro sem cabeça Headless horseman
Corcunda Hunchback
Diabo Devil
Demônio Demon
Filho do diabo Devil’s spawn

 

Agora, vamos aprender alguns adjetivos para “qualificar” nossos vilões

 

Mau Evil
Perverso Wicked
Cruel Cruel
Implacável Ruthless
Impiedoso Merciless
Desalmado Cold-hearted, cold-blooded, heartless
Diabólico, demoníaco Devilish
Desumano Inhuman
Assustador Spooky

Scary

Frightening

Aterrorizante Terrifying

Terrorizing

Arrepiante Chilling
Ameaçador Threatening

Menacing

Estranho e assustador Eerie
Louco Mad

Crazy

Lunatic

Mórbido Morbid
Sinistro Sinister
Aberração Freak(ish)

Que tal um cenário digno de filme de terror?

Calabouço Dungeon
Laboratório Laboratory
Cemitério Graveyard, cemetery
Cova Grave
Tumba Tomb
Mausoléu Mausoleum
Caixão Coffin
Sarcófago Sarcophagus
Purgatório Purgatory
Inferno Hell
Casa assombrada Haunted house

Para fechar, uma lista randômica com acessórios, verbos e outras coisas úteis na hora do terror

Assombrar To haunt
Matar To kill
Invocar espíritos To summon a spirit
Ressuscitar os mortos To raise the dead
Amaldiçoar To curse
Jogar um feitiço To cast a spell
Fazer um ritual (de magia) To perform a ritual
Fazer um exorcismo To perform an exorcism
Perseguir To chase
Correr, fugir To run
Causar dano, fazer mal To harm
Ferir, machucar To hurt
Uivar To howl
Gritar To scream
Desmaiar To faint
Morrer To die
Decompor, apodrecer To decay, to rot
Palavras mágicas Magic words
Bruxaria Witchcraft
Feitiçaria Sorcery
Sobrenatural Supernatural
Encantamento, feitiço An enchantment
Presságio, sinal An omen
Olho gordo The evil eye
Magia negra Dark magic, black magic
Tábua Ouija Ouija board
Chapéu pontudo (de bruxa) Pointed hat
Varinha mágica Wand
Vassoura Broom
Poções Potions
Venenos Poisons
Caldeirão Cauldron
Serra elétrica Chainsaw
Machado Axe
Garras Claws, talons
Ferida Wound
Talismã A charm (good luck charm), talisman
Cabeça de abóbora Jack O’ Lantern, carved pumpkin head
Espantalho Scarecrow

 

Agora que você já conhece verbos, substantivos e adjetivos relacionados ao tema, experimente formar frases usando cada um destes elementos.

Assim:

The wicked witch casted an evil spell with her wand and cursed the whole family.

Agora é a sua vez! “Mix and match”, formando frases horripilantes!!!

E, se precisar de ajuda, corra para a plataforma e fale com um dos nossos professores.

Ainda não faz parte da Open English!? Isso sim é um terror! Comece hoje e livre-se da maldição do inglês ruim! A gente te ajuda!

Fique com a nossa playlist, pra entrar no clima e treinar o vocabulário que você acabou de conhecer:

5 Conselhos De Um Professor Para Você Ser Mais Eficiente Estudando Online

Estudar online é um fenômeno relativamente recente, que não para de crescer e ganhar mais adeptos. Os cursos superiores, técnicos e especializações online estão ocupando cada vez mais espaço e roubando o lugar do estudo presencial.

Mas não são apenas os alunos quem têm de se adaptar a esse cenário. Os professores também estão descobrindo maneiras diferentes de trabalhar e, para isso, precisam mais do que nunca, estarem atualizados não só quanto à matéria, mas quanto à didática e às ferramentas que têm nas mãos. Além de desenvolverem um currículo para e-learning, eles têm de orientar seus alunos a tirar o máximo proveito dessa nova forma de estudar, que pode ser mais eficiente mas, para isso, requer um planejamento pessoal melhor.

Neste dia dos professores, vamos ouvir o conselho de quem entende:

  1. Planeje seu estudo

Procure se familiarizar com o espaço (mesmo que virtual) que usará para estudar. Navegue pela plataforma de ensino para ter uma ideia da quantidade de informação que deverá processar, o nível de complexidade dos exercícios e os recursos disponíveis. O importante é respeitar o cronograma que você estabeleceu a si mesmo, para não acumular conteúdo.

  1. Revise aquilo que já aprendeu

É muito mais fácil aprender um conteúdo se você, depois de estudar pela primeira vez, repassá-lo várias vezes mais. Isto permite que a matéria esteja fresca na sua memória quando você precisar dela.

  1. Estude em um local onde seu rendimento seja maior

Escolha um lugar que você identifique como “seu local de estudo”, para que sua mente e corpo se acostumem a ele e saibam, automaticamente, que quando você estiver lá, é hora de estudar.

  1. Evite fazer multitasking

Não caia na tentação de fazer outras coisas durante o seu período destinado ao estudo. O objetivo não é fazer muitas tarefas, mas uma por vez, com 100% do seu foco e capacidade.

  1. Descanse

Parece contraditório, mas você renderá muito mais se estiver descansado e disposto. Encontre o equilíbrio entre o tempo que dedica aos estudos e o que dedica ao repouso.

Lembre-se: é muito mais importante a qualidade do seu período de estudo que a quantidade de horas que dedicadas a ele.

Que ver como funciona? Acesse a nossa plataforma e experimente!

Expressões em Inglês: “Talk is Cheap”

Quando você ouve alguém por aí falando: “nem a pau” ou um “as mina pira”, não há espaço para dúvidas… só pode ser um brasileiro! Esse grau de intimidade com expressões informais, geralmente, só existe quando estamos inseridos na cultura e vivenciamos o idioma bem de perto, a ponto de acompanhar o surgimento dessas expressões coloquiais.

O mesmo acontece com o inglês. E, exatamente por isso, quando utilizamos um idiom em uma conversa informal, soamos um pouco mais naturais e autênticos, como os nativos na língua.

Para aumentar seu repertório, hoje iremos apresentar a expressão “talk is cheap”. A tradução literal seria “falar é barato”, mas a equivalência direta para ela na nossa língua é “falar é fácil”. Aliás, outra maneira de dizer o mesmo em inglês é o provérbio “easier said than done” (é mais fácil falar do que fazer).

Usamos “talk is cheap” naquelas situações quando alguém promete algo, mas acaba não fazendo.

Leia o diálogo a seguir com bastante atenção. Na sequência, faça o nosso quiz e descubra se você entendeu de verdade.

Mais abaixo você encontrará um vocabulário adicional, para aumentar sua compreensão do diálogo.


 

Michael: I need your help moving into my new apartment this weekend.

Tom: Sure, no problem. I told you I would help you. You can depend on me.

Michael: You said that before when I asked you to help me pack, but you didn’t help me. Talk is cheap. I really need your help this time.

Tom: Sorry man. I promise to help you this time.

ENGLISH PORTUGUESE
Weekend (substantivo) Fim de semana
Moving (verbo) Mudar-se
Help (subs., verbo) Ajuda / ajudar
Promise (subs., verbo) Promessa /prometer
Depend (verbo) Depender

A próxima vez que alguém te prometer algo e não cumprir, vá fundo e diga “talk is cheap”.

Inscreva-se na Open English para aprender mais ditados populares, provérbios e expressões idiomáticas em inglês. Aprenda o inglês do dia a dia, online, com professores americanos.