Em inglês, criamos o condicional ao agregar o verbo modal “would” a um verbo no infinitivo.

Na prática, ele aparece mais frequentemente em três contextos:

1) Forma culta e educada de se dirigir a alguém

  • I would like the menu, please. (Gostaria de ver o cardápio, por favor.)
  • Would you have a couple of minutes for me? (Você teria alguns minutos para mim?)

2) Para indicar o “futuro dentro do passado”:

  • She said she would come to the party. (Ela disse que viria à festa.)
  • I thought he would arrive before me. (Pensei que ele chegaria antes de mim.)

3) Em construções hipotéticas com “if” (se). Quando “if” está seguido pelo pretérito ou o subjuntivo, se espera a forma condicional na segunda cláusula:

  • If I had the time, I would do my homework. (Se eu tivesse tempo, faria minha lição de casa.)
  • If you told me the truth, I would believe you. (Se você dissesse a verdade, acreditaria em você).

O “if” da expressão hipotética pode ainda estar implícito na frase:

  • In your position (= if I were you), I wouldn’t have stayed. (No seu lugar –se eu fosse você -, não teria ficado.)

Que tal começar a colocar em prática e ver se você entendeu como funciona o uso de condicionais? Faça una aula ao vivo ou complete uma atividade na nossa plataforma. Se você ainda não é nosso aluno, corra e comece hoje mesmo!